O Olho de Thundera

Hoje, depois de muito tempo sem atualizar o blog, achei um tema que acreditava ser interessante para postar no ADMConquista.

Ultimamente, estou conversando com alguns amigos sobre o que é realmente necessário para ser um profissional de sucesso. Será a capacidade técnica? ou então perseverança ? pode ser também a boa utilização de seus contatos? bom, pode ser tudo isso junto. Mas vou tentar buscar aqui alguns pontos que acredito serem importantes.

Antes que alguém se pergunte: “o que esse aí pode falar de profissional de sucesso?”, vou logo adiantando, busco cada dia ser reconhecido por meu trabalho, não sei dizer ao certo quanto bem sucedido sou, mas acredito que estou no caminho.

olhoAgora vamos responder a segunda pergunta que possa alguém se fazer. O título do post é “O Olho de Thundera”, acredito que os jovens na faixa de 30 anos se recordem dos ThunderCats, um desenho animado que eu adorava quando era criança. Lion-O, o líder do grupo, tinha uma espada que lhe avisava quando algo de perigo estava por acontecer, era o Olho de Thundera que lhe dava a “visão além do alcançe”.

Acredito que uma das principais características de pessoas de sucesso é ter o Olho de Thundera, mas não para prever somente perigos, como também para antever oportunidades. Pessoas de sucesso veem oportunidades muito antes dos outros, era como se estivesse claro e notório como uma pedra no meio do caminho, entretanto, algumas pessoas pulam a pedra sem notar… algumas até tropeçam nela, mas não se dão conta de que alí, pode ter uma nova forma de fazer, entender, pensar, produzir… e ter sucesso.

Então vem outra questão: Onde compro esse “Olho de Thundera”? Alguns podem dizer que já se nasce com ele. Eu acredito que tem pessoas que já são assim, observadoras e perspicazes de natureza. Mas, também, podemos treinar nossa “visão além do alcançe”. Por que digo isso? Se você trabalha com construções, uma parede com um acabamento imperfeito salta aos olhos, como também minhas professoras de português viam a quilômetros os meus erros gramaticais. É preciso treinar nossa visão de oportunidades e para isso, basta cultivar o costume de analisar o que acontece em nossa volta, o que as empresas e pessoas de sucesso estão fazendo e buscar entender o que deu certo e errado com eles.

Também só observar não vai nos levar muito a diante. É necessário conhecimento de causa, estudar mercados, entender profundamente processos de gestão e se reciclar constantemente.

E o que vocês acham? quais os outros pontos para se ter sucesso? o Olho de Thundera é nato ou se aprende com o tempo?

Vamos continuar a entender os motivos do sucesso em outros posts e que Olho de Thundera me dê a visão além do alcançe !

Pode-se ensinar empreendedorismo?

Uma pergunta que sempre esquenta as discussões é se é possível ensinar alguém à ser empreendedor. Uma corrente defende que a pessoa já nasce empreendedora e assim, pode somente aperfeiçoar esse dom.

Um outro pensamento é que empreendedorismo é na verdade um comportamento, sendo possível o seu ensinamento, desenvolvimento e até redução dependendo do reforço que o indivíduo tenha.

Será que não são as duas coisas? será que a pessoa não pode nascer com o espírito empreendedor ou desenvolver esse comportamento mediante o ambiente que ela esteja inserida!? ou quem sabe um pouco dos dois. É nítido que algumas pessoas desde muito novas demonstram ser especiais, têm em seu íntimo uma inquietação por descobrir coisas novas e vêem oportunidades em tudo o que olhma (e as vezes nem olham, só imaginam).

Mas ser empreendedor é só ter visão e coragem!? Essa é a chave da questão. Comumente confundimos pessoas visionárias com empreendedores. O empreendedor tem uma série de habilidades que fazem com que seus negócios não sejam somente boas idéias, e sim empreendimentos de sucesso.

Entre habilidades estão organização, planejamento, foco, compromisso, responsabilidade e capacidade de ver oportunidades onde geralmente as pessoas só vêem problemas. E o que eu acredito ser o principal para um empreendedor é ter a sensibilidade de identificar seus pontos fracos e tentar corrigí-los, seja nele próprio ou buscando parceiros que possam suprir suas deficiências.

Podemos então dizer que existem pessoas com determinadas habilidades que, trabalhadas podem fazer com que se tornem empreendedores e isso será condicionado a partir dos reforços que esse indivíduo tiver em sua formação.

Existem também dois tipos de empreendedores, os empreendedores por oportunidade e por necessidade. O Brasil, infelizmente, está repleto de empreendedores por necessidade. Esse é o caso da pessoa que está sem emprego ou então chateado com a empresa e decide sair para tentar um negócio própria, mas só pelo fato de não ficar parado. Esse tipo de empreendedor agrega pouca inovação em suas empresas e engrossam a estatística de cerca de 80% de empresas que fecham nos 2 primeiros anos.

Já o empreendedor por oportunidade tem uma visão mais apurada e observa o mercado buscando oportunidades para desenvolver seu trabalho. Esse indivíduo geralmente é motivado pelo desafio, o sucesso financeiro também o estimula, mas fazer o novo ou melhor é o que faz o seu dia-a-dia.

Nesse caso, as instituições de ensino têm papel fundamental no processo de formação dos empreendedores, não só as faculdades, mas também a educação básica. Se nossas crianças forem estimuladas desde o início, quem sabe não teremos um país de empreendedores no futuro?

Mas o que vocês acham? empreendedores já nascem de berço ou são moldados pelos estímulos que recebem!?